Várias estratégias de preços - explicadas com o diagrama!

Em nossas vidas diárias, quase tudo, como a gasolina que usamos para transporte, alimentos que comemos, roupas que vestimos e filmes que assistimos têm um preço.

Toda organização, com o objetivo de obter lucro ou não, precisa fixar o preço de seus produtos. Uma organização segue várias estratégias de preços para atrair os clientes.

Uma estratégia de preços pode ser definida como uma ação, tarefa ou abordagem para atingir os objetivos de preços da organização.

A Figura 5 mostra várias estratégias de preços adotadas pelas organizações:

Essas estratégias de preços (conforme mostrado na Figura-5) são discutidas em detalhes abaixo:

Preços de vários produtos :

Geralmente, as organizações produzem mais de um produto em sua linha de produção. Mesmo um único produto de uma organização pode diferir em estilos e tamanhos. Por exemplo, uma organização de fabricação de refrigeradores produz refrigeradores em diferentes cores, tamanhos e recursos. Da mesma forma, uma organização automobilística fabrica veículos em diferentes cores, tamanhos e quilometragem. O preço no caso de vários produtos é chamado de preço de vários produtos.

A curva de demanda por vários produtos seria diferente. No entanto, a curva MC desses produtos é a mesma que são produzidos em instalações de produção intercambiáveis. Portanto, as curvas AR e MR são diferentes para cada produto. Por outro lado, AC e MC são inseparáveis. Portanto, a condição de MR = MC não pode ser aplicada diretamente para fixar os preços de cada produto.

A solução desse problema foi fornecida por EW Clemens, que declarou como as organizações de multiprodutos fixam os preços de seus produtos. Suponha que haja quatro produtos diferenciados. A, B, C e D produzido por uma organização.

A Figura 6 mostra os preços de vários produtos:

Conforme mostrado na Figura-6, as curvas AR (preço) e MR para quatro produtos são mostradas como quatro curvas diferentes e a curva MC é mostrada como o total de MC de todos os produtos. Suponha que a curva MR agregada, que é o total de todas as curvas MR individuais, passe pelo ponto E na curva MC.

Do ponto E, uma linha paralela, receita marginal igual (EMR) é desenhada em direção ao eixo Y (paralelo ao eixo X). Essa linha paralela passa pelos M Rs de A, B, C e D. A produção e os preços desses quatro produtos são determinados nos pontos em que suas respectivas curvas MC e MR se cruzam.

Conforme mostrado na Figura 6, OQa, QaQb, QbQc, QcQd são os níveis de saída dos produtos A, B, C e D e PaQa, PbQb, PcQc, PdQd são os preços dos produtos, respectivamente. Estes são os níveis máximos de preço e produção de uma organização.

Preço Diferencial :

O preço diferencial implica cobrar preços diferentes de clientes diferentes pelos mesmos produtos. Esse tipo de estratégia de precificação é usado no mercado em que existem vários segmentos de clientes para evitar confusão quanto aos diferentes preços dos produtos. Nesses tipos de mercados, os clientes que compram o produto a preços mais baixos não podem revender o produto a preços mais altos em outro mercado. Um exemplo de preço diferenciado pode ser vendido pela Coca-Cola por Rs. 10 em supermercados, Rs. 15 nos cinemas e Rs 20 em restaurantes.

A Figura 7 mostra os quatro tipos de preços diferenciais:

A discussão dos tipos de preços diferenciais (como mostra a Figura 7) é a seguinte:

Eu. Preços negociados:

Implica uma estratégia de precificação na qual um preço é decidido por meio de negociação entre o cliente e o vendedor.

ii. Preço do mercado secundário:

Implica definir preços diferentes para diferentes mercados. O preço para um mercado primário é diferente do preço no mercado secundário. O mercado primário é o mercado-alvo onde o produto é introduzido pela primeira vez; enquanto que o mercado secundário é o mercado-alvo em que o produto é introduzido após obter sucesso no mercado primário.

O preço no mercado primário é geralmente mais alto que o mercado secundário. No entanto, se o custo de atendimento ao mercado secundário for maior em comparação ao custo do mercado primário, o preço cobrado no mercado secundário será maior. O exemplo do mercado secundário pode ser uma área isolada nos mercados interno e externo.

Um mercado secundário também envolve um segmento que compra o produto em horários de menor movimento. Por exemplo, os restaurantes oferecem várias opções de desconto para os primeiros clientes do dia durante a baixa temporada. Aos clientes são oferecidos menus para madrugadores que oferecem itens alimentares a preços mais baixos.

iii. Desconto periódico:

Refere-se ao tipo de estratégia de preços que envolve uma redução temporária nos preços dos produtos. Essa redução é feita de forma sistemática. Por exemplo, muitas lojas de roupas oferecem descontos em épocas festivas ou sazonais. O principal problema do desconto periódico é que os clientes prevêem facilmente a redução nos preços; portanto, eles atrasam suas compras. Por exemplo, o Big Bazaar introduziu um famoso conceito de bazar de quarta-feira, no qual oferece descontos em quase todos os seus produtos todas as quartas-feiras. Declarou quarta-feira como Hafte Ka Sabse Sasta Din.

iv. Desconto aleatório:

Implica dar descontos de maneira não sistemática, para que os clientes não possam prever o desconto facilmente. Quando os preços são reduzidos aleatoriamente, os clientes não podem prever a redução nos preços. O desconto aleatório é usado principalmente para atrair novos clientes.

Preços promocionais :

Preço promocional refere-se a uma estratégia de preços que ajuda na promoção do produto. É definido como uma política de redução de preços para atrair clientes em direção a um produto.

A Figura 8 mostra os tipos de preços promocionais:

Agora, vamos discutir os tipos de preços promocionais (como mostrado na Figura 8) em resumo:

Eu. Líderes de preço:

Consulte uma política que envolva definir os preços de um produto menor ou igual ao seu custo. Esse tipo de preço geralmente é usado em supermercados. Os profissionais de marketing acreditam que essa estratégia ajuda a aumentar as vendas. No entanto, esse tipo de precificação também é chamado de precificação líder de perdas, pois às vezes o produto é vendido com prejuízo.

ii. Preço de Eventos Especiais:

Envolve redução nos preços de um produto de acordo com eventos especiais, como festivais ou estações do ano. As organizações seguem essa estratégia para obter receita. A lacuna de vendas nas organizações é preenchida por esse tipo de preço.

iii. Comparação de descontos:

Envolve definir o preço de um produto em um nível específico e compará-lo simultaneamente com o preço mais alto. O preço mais alto pode ser o último preço do produto, o preço da marca do concorrente ou o preço da mesma marca nas outras lojas. Por exemplo, o profissional de marketing enquanto demonstra seu produto ao cliente informa ao alto preço do concorrente do mesmo produto para induzir a venda de seu produto. O desconto por comparação é um tipo de método de preço informativo, pois ajuda os clientes a tomar decisões de compra.

Preços da linha de produtos :

O preço da linha de produtos pode ser definido como a configuração de preços de todos os produtos com preços altos e baixos, de maneira a maximizar o lucro em toda a linha de produtos. É um método de precificação que estuda a determinação de preço dos produtos que são idênticos entre si ou usados ​​para a mesma finalidade. Por exemplo, a Hindustan Unilever Limited oferece uma ampla faixa de preço para sua linha de produtos para cabelos, que inclui óleo, shampoo e condicionador para otimizar o lucro em sua linha de produtos para cabelos.

Definir preços no preço fino do produto exige um relacionamento entre os produtos da linha de produtos. Por exemplo, hardware e software de computador são produtos complementares. O aumento da demanda por um leva ao aumento da demanda por outro. Se os dois produtos estiverem na mesma linha de produtos, o alto preço do software levará à baixa demanda por software e hardware. Assim, um profissional de marketing deve definir cuidadosamente os preços do produto fino.

A Figura 9 mostra os diferentes tipos de preços da linha de produtos:

Os tipos de preços da linha de produtos (como mostrado na Figura-9) são discutidos a seguir:

Eu. Preços em Cativeiro:

Refere-se a um preço em que o preço do produto básico é mantido em um nível inferior; enquanto que o preço dos itens necessários com o produto básico é alto. Por exemplo, um profissional de marketing pode definir o baixo preço de uma câmera de vídeo; enquanto que o preço do filme usado para operar a câmera é alto.

ii. Oferta especial:

Implica o preço das diferentes versões dos mesmos produtos. O produto com recurso aprimorado tem um preço alto do que o produto com recursos básicos. Por exemplo, um simples sorvete de baunilha custa menos do que o sorvete enriquecido com frutas secas. Da mesma forma, no setor de hospitalidade, os quartos com instalações luxuosas têm um preço alto do que os quartos comuns com instalações básicas.

iii. Preço da isca:

Refere-se a uma tática que envolve atrair clientes, definindo preços baixos de alguns dos itens da linha de produtos com a intenção de vender produtos com preços altos. Esse tipo de estratégia de precificação é adotado quando há alta concorrência no mercado. Assim, as organizações anunciam produtos de baixo preço para atrair os clientes. Às vezes, os anúncios mostram os baixos preços dos produtos com termos e condições anexados, o que força os clientes a visitar a loja.

iv. Preço:

Implica definir um preço único para todos os produtos da loja. Por exemplo, uma loja pode definir Rs. 100 para todos os itens. Esse tipo de preço foi iniciado nas lojas Five & Dime General da América do Norte, onde tudo custa 5 ou 10 centavos. O forro de preços ajuda os clientes a fazer a seleção fácil de produtos, já que os preços de todos os produtos são iguais.

Preços psicológicos :

O preço psicológico tenta influenciar a percepção dos clientes sobre o preço de um produto. É usado quando um profissional de marketing deseja que os clientes respondam emocionalmente e não racionalmente. O preço psicológico é baseado no fato de que alguns preços têm impacto psicológico nos clientes. Alguns clientes acreditam que o preço alto é um indicador da boa qualidade de um produto. Por exemplo, produtos como perfumes de alta qualidade são mais caros que os perfumes normais. O preço se torna um bom fator para julgar a qualidade de um produto, se nenhuma outra informação estiver disponível sobre ele.

Existem cinco tipos de preços psicológicos, mostrados na Figura 10:

A discussão dos tipos de preços psicológicos (como mostrado na Figura 10) é a seguinte:

Eu. Preço de referência:

Refere-se a um preço no qual o profissional de marketing vende o produto a um preço inferior ao preço do produto do concorrente. O produto do concorrente parece menos atraente para os clientes. O preço do produto do concorrente é chamado preço de referência. Ao comprar um produto, os clientes comparam o preço de um produto com o preço de referência.

ii. Preço do pacote:

Refere-se à embalagem de dois ou mais produtos complementares juntos e à venda por um preço único. O preço do pacote é visto como uma opção lucrativa pelos clientes, pois o preço dos produtos incluídos no pacote é menor que o preço total dos produtos considerados individualmente. Esse tipo de preço ajuda a economizar o custo de embalagem da organização.

iii. Preços de várias unidades:

Implica empacotar dois ou mais produtos juntos por um preço único. Envolve um preço mais baixo por unidade, portanto, os clientes se beneficiam com esse preço, pois isso gera economia de custos. Vender um pacote de duas batatas fritas e seis refrigerantes são exemplos de preços unitários múltiplos. Esse tipo de preço é usado para atrair novos clientes e aumentar o consumo do produto. Permite que os clientes comprem em grande quantidade que, por sua vez, aumenta o volume de vendas da organização.

iv. Preços ímpares:

Implica um tipo de preço psicológico, que assume que os clientes são sensíveis aos preços. Os preços que terminam em 1, 3, 5, 7 e 9 são preços ímpares; enquanto que os preços que terminam em 0, 2, 4, 6, 8 são iguais. Segundo uma pesquisa, estabelecer preços ímpares implica preços baixos. Por exemplo, um cliente precisa selecionar entre duas marcas do mesmo produto em que um produto custa Rs. 30 e os outros custos Rs. 29, 93. O cliente prefere o produto por Rs. 29, 93, uma vez que é considerado menos caro, embora exista apenas uma diferença de 7 paisa. A fixação de preços uniformes geralmente indica a alta qualidade dos produtos. Por exemplo, um fabricante de canetas define o preço de sua caneta como Rs. 40 em vez de Rs. 38.95 para enfatizar a boa qualidade do produto.

v. Preços de Prestígio:

Implica uma estratégia de preços em que os preços dos produtos são mantidos em um nível mais alto para expressar a qualidade do produto. Isso é usado para clientes que pensam que preços altos denotam alta qualidade. Os produtos cujos preços são definidos de acordo com os preços de prestígio são perfumes, jóias, carros e bebidas alcoólicas.

 

Deixe O Seu Comentário